Seja colaborador do Cariri Agora

CaririAgora! é o seu espaço para intervir livremente sobre a imensidão de nosso Cariri. Sem fronteiras, sem censuras e sem firulas. Este blog é dedicado a todas as idades e opiniões. Seus textos, matérias, sugestões de pauta e opiniões serão muito bem vindos. Fale conosco: agoracariri@gmail.com

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Senador Flávio Arns diz querer sair do PT após decisão a favor de Sarney


Ele anunciou que irá à Justiça para trocar de partido e manter o mandato.
Senador se diz 'envergonhado' de pertencer ao PT e pediu desculpas.

Eduardo Bresciani
Do G1, em Brasília


O senador Flávio Arns (PT-PR) afirmou nesta quarta-feira (19) que vai procurar a Justiça Eleitoral pedindo justa causa para sair do PT. No plenário do Conselho, ele fez duras críticas à postura do partido no Conselho de Ética favorável ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e se disse envergonhado de pertencer à legenda.

Nesta quarta-feira, a senadora Marina Silva (AC), já havia anunciado seu desembarque do PT. Ela deverá ser candidata à Presidência da República pelo PV.

Arns é um dos petistas que defende o afastamento de Sarney da presidência da Casa e a abertura de processo contra ele no Conselho de Ética. Revoltado, ele fez um discurso no plenário do Conselho pedindo desculpas aos eleitores por fazer parte do PT.

“Me envergonha estar no Partido dos Trabalhadores com o comportamento que está tendo. Achava que as bandeiras eram para valer e não para mudar por causa da eleição”, disse Arns. Segundo ele, "o partido pegou a folha da ética e jogou no lixo".

Após o discurso, o senador disse aos jornalistas que deixará o partido. Ele pretende argumentar na justiça eleitoral que o partido mudou seu programa. Um dos fatos que justificaria seria o apoio a Sarney. Se o pedido for aceito, ele poderá trocar de partido sem o risco de perder o mandato.

2 comentários:

Carlos Rafael Dias disse...

ECCE HOMO!

Arimatéa disse...

É lamentável essa situação. A banda mais podre da política nacional vencendo a ética. E infelizmente com figuras que num passado não tão distante achava progressistas. Sim,muito políticos de respeito do PT, PCdoB e outros partidos que sempre votei. Parece que PSDB ou PT vencendo as eleições no ano que vem, pelo jeito tudo continuará nesse batidão(como se diz aqui em Rondônia).
Eu não deixarei de ser otimista e nem perderei a fé que a ética e a decência ainda prevalecerão nesse nosso Brasil.