Seja colaborador do Cariri Agora

CaririAgora! é o seu espaço para intervir livremente sobre a imensidão de nosso Cariri. Sem fronteiras, sem censuras e sem firulas. Este blog é dedicado a todas as idades e opiniões. Seus textos, matérias, sugestões de pauta e opiniões serão muito bem vindos. Fale conosco: agoracariri@gmail.com

domingo, 28 de fevereiro de 2010

MCidades divulga edital para projetos de extensão universitária

26/02/2010

Com o intuito de apoiar instituições federais de Ensino Superior para o desenvolvimento de projetos de extensão, o Ministério das Cidades publica nesta sexta-feira (26) o edital do Programa de Apoio à Extensão Universitária (PROEXT).

Clique aqui para acessar o edital.

As inscrições estão abertas até o dia 27 de março. Cada instituição poderá inscrever uma proposta em cada uma das temáticas seguintes:

1- Implementação, nas administrações municipais, de sistemas de informações geográficas (TerraView e TerraSIG) e insumos digitais que incorporem as ferramentas e funcionalidades do Sistema Nacional de Informações das Cidades (GeoSNIC) e conteúdos relacionados aos fundamentos de geoprocessamento e geociências, com os conceitos básicos de cartografia, sistema de projeção, datum, escalas, feições cartográficas, imagens de satélite, sistemas de informações geográficas (SIG’s), tipos de armazenamento e demais conceitos correlatos.

2- Implementação, nas administrações municipais, de Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM), nos termos das Diretrizes Nacionais para a criação, instituição e atualização do Cadastro Territorial Multifinalitário nos municípios brasileiros (Portaria MCidades Nº 511, de 7 de dezembro de 2009, publicada no DOU de 8 de dezembro de 2009), e conteúdos relacionados à cartografia cadastral, gestão e financiamento do CTM, multifinalidade do cadastro, avaliação de imóveis e ao seu respectivo marco jurídico.

O PROEXT é um instrumento que abrange projetos com ênfase na capacitação de agentes públicos e sociais. Além do desenvolvimento de ações de apoio ao setor público que visem ao desenvolvimento institucional e à implementação de sistemas de informações, para auxiliar na elaboração de planos e projetos de desenvolvimento urbano.

As instituições poderão habilitar-se para a realização de projetos com financiamento de até R$ 50 mil. O edital prevê a aplicação de recursos financeiros, não reembolsáveis, no montante de até R$ 1milhão.

A proposta deve considerar a participação nas atividades de extensão de um público-alvo de, pelo menos, dois técnicos do quadro permanente da administração do poder executivo municipal em, no mínimo, quarenta municípios, sem cobertura territorial coincidente.

Mais informações pelo telefone (61) 2108-1574 ou pelo endereço eletrônico proext-cidades@cidades.gov.br.

Cariri – Por Tarso Araújo


JUAFORRÓ
A Prefeitura de Juazeiro já começa o processo de organização do Juaforró para a edição 2010. O evento será realizado no período de 4 a 28 de junho, no Parque de Eventos Padre Cícero e em variados bairros, com atrações da cultura popular, regionais e nacionais

ATIRADORES
O Tiro-de-guerra 10-004, do Crato, realiza no próximo dia 5 de março, em sua sede no bairro Pimenta, solenidade de matrícula dos Novos Atiradores do Tiro-de-guerra, turma do centenário.

BACIA LEITEIRA
Termina neste domingo, no distrito da Palmeirinha, concurso e exposição de gado leiteiro. A realização é da Fazenda São Tomás. O evento pretende se constituir na fase inicial do processo de implantação e consolidação da bacia leiteira de Juazeiro do Norte. Participam produtores de Crato, Juazeiro e Barbalha. Francisco Leitão Moura, presidente da Comissão Gestora da Expocrato e agropecuarista participa do evento.

DEU CRATO
O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT) possui dois Fóruns na Região Metropolitana do Cariri: Crato e Juazeiro do Norte. Convenhamos, não faz mais sentido a manutenção dos dois & distantes um do outro cerca de 8 km & já que um único é suficiente para a conurbação Crajubar. O presidente do TRT-CE, desembargador Antônio Parente, pretende fechar um dos Fóruns, e optou, por critérios técnicos, pela permanência do existente em Crato cujo prédio é mais amplo e melhor localizado. Tem lógica.

ANDAR DE AVIÃO É CARO
Apesar do inegável crescimento no movimento do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, da Região Metropolitana do Cariri, uma constatação é inequívoca: andar de avião, no Brasil, ainda é muito caro! Ao redigirmos esta coluna, abrimos o site da Gol Linhas Aéreas e consultamos o preço de uma passagem Juazeiro/Fortaleza para este domingo. Fica por R$ 429,00, na opção livre. Alguém haverá de contestar dizendo que comprando com antecedência sai mais barato. Tudo bem. Complicado é quando se resolve fazer uma viagem de última hora para qualquer localidade do Brasil. Como se vê, uma passagem aérea a partir do Cariri fica pelos olhos da cara...

ENCONTRO PEDAGÓGICO
Na última quarta-feira, o Campus Avançado de Iguatu reuniu seu Corpo Docente para o V Encontro Pedagógico. O professor José Ivo Ferreira, presidente da Comissão Gestora, salientou que o evento se propôs a envolver professores e estudantes na dinâmica acadêmica a que a URCA se propõe. Com a palestra do professor Ivo, a comissão gestora deu ênfase neste encontro a impulsionar as atividades de pesquisa e extensão, como imprescindíveis ao fomento do papel primordial da Universidade.

REALIDADE INEXORÁVEL
Uma surpresa para os que subestimaram o Centro de Negócios e Convenções do Cariri, em construção no Crato: o prédio já mostra sinais da sua grandiosidade. O total de área construída chegará a 2,4 mil metros quadrados e o prédio contará com quatro pavimentos (subsolo, térreo, primeiro e segundo andar). Com equipamentos modernos, serão construídos na edificação um auditório principal, com 417 lugares, e mais três auditórios complementares de 144 lugares cada. Do lado de fora, um espelho d-água de 922 metros quadrados. Uma grande obra!

CENTENÁRIO DE JUAZEIRO
Diversas obras foram planejadas para assinalar o centenário de criação de Juazeiro do Norte, em 22 de julho de 2011. Dentre elas: o Museu Municipal, a Praça do Marco Zero (onde a cidade teve início) e portais a serem localizados nas entradas de Juazeiro. A comissão do centenário mostra-se otimista quanto à obtenção de recursos para essas obras.


CURTAS

> O escritor Daniel Walker já concluiu a redação do seu último livro, "História da Independência de Juazeiro do Norte". A obra ficou com 230 páginas e terá muitas ilustrações. Será lançado dentro das comemorações do Centenário de Juazeiro do Norte.

> No próximo fim de semana estarão se confraternizando em Crato o ex-ministro Vicente Fialho, Humberto Barreto, ex-presidente da Caixa Econômica, e o bispo de Floriano (PI) dom Augusto Rocha. Todos ex-seminaristas do Seminário São José.

> Cresce o número de condomínios residenciais fechados no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte. Os mais novos são dotados de academia, sauna molhada, pista de cooper, piscina com raia, quadra de esporte, deck, churrasqueira e playground. Um luxo!

> Já chegaram ao Crato os exemplares do último livro escrito por monsenhor Ágio Augusto Moreira; "Tratado das Almas do Purgatório`". O lançamento da obra será feito nos próximos dias.

Fonte: O Povo Online

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Pensamento para o Dia 27/02/2010



“O ímã arrasta para si a limalha de ferro, mas ele não pode atrair pedaços de ferro cobertos por poeira e ferrugem. A poeira e a ferrugem sobre as peças de ferro devem ser removidas para que o ímã possa atraí-los. Naturalmente, palestras são úteis; sua prática, no entanto, está estagnada! A menos que essa doença seja curada, a manifestação da educação e da erudição não pode acontecer. Quando a mente é polida e purificada, há harmonia em pensamento, palavra e ação. Essa harmonia em pensamento, palavra e ação é a melhor prova do valor de qualquer ser humano.”
Sathya Sai Baba

Cariri Cangaço 2010 de vento em popa


Prezados amigos,

O Cariri Cangaço 2010 já começa a ser construído.


Com o tema: Cariri Cangaço - Coronéis, Beatos e Cangaceiros, esse evento de cunho turístico-cultural e científico; em sua edição 2010, terá novamente como cidades anfitriãs: Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha; com a adesão ainda de Aurora e Porteiras. Reuniremos a partir de uma programação plural, dinâmica e universal, personalidades locais, regionais e nacionais, do universo da pesquisa e estudo das temáticas ligadas ao Cangaço, Tradições e Histórias do Nordeste. O Evento em sua segunda edição terá um conjunto de 16 conferências, seguidas de debates, abordando temáticas ligadas à historiografia nordestina; distribuídas durante o período de realização do mesmo; 6 dias ; nos 6 municípios anfitriões. Os conferencistas são pesquisadores, estudiosos, escritores e professores, de renome nacional. O Cariri Cangaço - Coronéis, Beatos e Cangaceiros, promoverá um conjunto de 23 Visitas Técnicas aos principais Pontos Turísticos da Região do Cariri, como também aos principais Sítios Históricos ligados ao cangaço na região. Em cada Visita Técnica teremos um estudioso e um guia turístico que fará a explanação sobre o ponto visitado. O Cariri Cangaço 2010 é uma promoção da SBEC e uma realização das Prefeituras de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha, com o apoio vital da Universidade Regional do Cariri – URCA; ICC- Instituto Cultural do Cariri; Centro Pró Memória Josafá Magalhães; ICVC - Instituto Cultural Vale Caririense, Fundação Memorial Padre Cícero, conta também as parcerias do SESC, do SEBRAE, do Centro Cultural Banco do Nordeste. O evento programa além das Conferências, Debates e Visitas Técnicas; a II Mostra Cariri Cangaço de Cinema, Vídeo e Documentários; a II Latada do Livro Cariri Cangaço, onde os participantes terão a oportunidade de entrar em contato com as principais obras literárias sobre a temática; o II Grande Salão Cariri Cangaço, onde serão lançadas 8 novas obras literárias sobre a temática; de autores de todo o Nordeste e também São Paulo, além de 17 Apresentações Artísticas, com as mais significativas manifestações culturais e folclóricas de toda região do Cariri, das áreas das Artes Cênicas, Música e Cultura Popular.


O Cariri Cangaço - Coronéis, Beatos e Cangaceiros, acontecerá entre os dias 17 e 22 de Agosto de 2010, na Região do Cariri, sul do estado do Ceará. Conheça um pouco mais da historia desta inciativa a partir do blog oficial do evento: cariricangaco.blogspot.com.


Visite, comente, entre! A casa é sua.


Abraços,


Manoel Severo.

Crato receberá Premio Selo Município Verde durante Governo Itinerante em Araripe


A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato estará na cidade de Araripe, próximo dia 1º. de março, onde receberá a premiação Selo Município Verde. O Programa Selo Município Verde - PSMV é um sistema de certificação ambiental municipal, que avalia as iniciativas da gestão municipal na área de meio ambiente. Foi criado através da lei Estadual n0 13.304 de 19 de Maio de 2003, que o implantou, sendo posteriormente regulamentado pelos Decretos Estaduais n0 27.703 e n0 27.704, que criaram e regulamentaram o Comitê Gestor do Selo Município Verde e Prêmio Sensibilidade Ambiental. O prêmio será entregue pelo governador do Estado na ocasião do Governo Itinerante.

Secretaria de Meio Ambiente participará da I Conferencia Estadual de Defesa Civil

A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato, representada pelo assessor técnico Wyldevanio Vieira, participará da I Conferencia Estadual de Defesa Civil, que será realizada nos próximos dias 4 5 e 6 de março em Fortaleza. A Conferencia Estadual será uma das etapas para a Conferencia Nacional de Defesa Civil que acontecerá em Brasília e tem como proposta preparar o país para enfrentar os problemas da sociedade e minimizar o sofrimento humano decorrente de suas conseqüências, e assim viabilizar estratégias adequadas de prevenção de desastres e ações voltadas à construção de comunidades mais seguras. o tema central da conferencia será “Prevenção e Assistência Humanitária: Fundamentos para a organização da Defesa Civil Brasileira”. (Fonte: Blog do Crato)


Nota do Administrador:
Esta foto de Nivaldo Soares de Almeida, de enxada na mão, é bem típico do seu compromisso com as mudanças qualitativas que tanto o planeta precisa. Nivaldo é um exemplo de cidadania responsável e abnegada. O seu voluntarismo em prol da coletividade, e de forma sustentável, é permanente e efetivo. E ele faz realmente o que mostra a foto: ele pega na enxada e realiza. Ah!, se o Crato e o planeta tivessem mais e mais "nivaldos" como esse! (Carlos Rafael Dias)

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Pensamento para o Dia 26/02/2010



“Aqueles que lutam para defender a verdade são os verdadeiros devotos de Deus. A essência dos Vedas consiste em estabelecer essa verdade. A verdade é a base para todos os outros valores humanos, como amor, paz, retidão e não-violência. O amor não se origina de algum lugar acima. O amor emerge do coração das pessoas. Ele é também a propensão oculta em todos os seres humanos. O amor é, na verdade, a fonte de todas as virtudes e todas as virtudes fundem-se no amor. De fato, Deus permeia todos os seres na forma de amor. Viva uma vida repleta de amor.”
Sathya Sai Baba

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Um pedacinho do Nordeste na Lapa



Todo domingo, a festa Terreirada Cearense leva coco, reisado e forró ao território do samba.
Carnaval chegou mais uma vez, e, por mais empolgado que eu esteja para brincar no maior número de blocos possível, engana-se quem acha que a minha dica de hoje está ligada ao samba.
Apesar de adorar a folia de rua da cidade, gosto de reservar pelo menos um dia do carnaval para fazer algo novo e diferente, e este ano a pedida é, sem dúvida, a Terreirada Cearense.


A festa acontece há um ano na Lapa e nasceu de um grupo de artistas e músicos cearenses
radicados no Rio que queriam, além de reunir amigos, celebrar as suas raízes nordestinas por meio da música. Focada no grupo Geraldo Júnior e Forró de Raiz - que toca um repertório autoral recheado de coco, reisado, cabaçal e, obviamente, forró - , a Terreirada tem um clima animado e romântico de show de quermesse nordestina, que nunca vi por aqui. E me arrisco até a dizer que talvez nem na Feira de São Cristóvão se escute numa só noite a quantidade de ritmos nordestinos diferentes contemplada nessa festa.


De acordo com o próprio Geraldo Júnior, além de resgatar as raízes nordestinas, a Terreirada é também um ato político, que visa a levar à Lapa música brasileira alternativa, diferente da que o bairro está acostumado a ouvir - leia-se principalmente samba.

Tiro mais do que certeiro, pois a Terreirada certamente trouxe um sopro de originalidade às noites do bairro.


Com edições todos os domingos, às 21h, a Terreirada já passou por várias casas da Lapa e seu palco atual é o Centro de Teatro do Oprimido. Neste domingo de carnaval, a festa conta ainda com convidados especiais. Então, abandonem as marchinhas por uma noite e viajem para o Ceará com a Terreirada.

Garanto que, como eu, vocês vão se tornar fregueses.



Terreirada Cearense:
Centro de Teatro do Oprimido. Av. Mem de Sá 31, Lapa - 2232-5826. Dom, às 20h.
Mulheres sete reais e homens dez reais.



João Sette Camara

joaosettecamara@gmail.com.

RAPADURA CULTURARTE Nº 02

27 de fevereiro de 2010
Local: Praça da Sé
Horário: 8:30h

Dedicado ao Bairro Pinto Madeira
Tributo a Marinês

1. Artigo: A farsa da romaria e as chamas do caldeirão.
Alexandre Lucas – Leitura: Jorge Carvalho

2. Histórico do Bairro e Medalha de Honra ao mérito.
Apresentações culturais do bairro.

3. Leitura dos Cordéis:
- Valdetário Andrade - Novo Presidente da OAB/CE
Autor: Luciano Carneiro de Lima
- Educação inclusiva requer participação
Autora: Maria do Socorro B. Brito Matos
- Oitenta anos de idade, saúde e dedicação – Irmã Edeltraut Lerch
Autor: José Joel de Souza

4. Homenagem ao Senhor Valdetário Andrade

5. Homenagens: Pedro Francisco Pessoa
Franzé Sousa (Diploma de Honra ao Mérito)
Televisão Verdes Mares – 40 anos (Diploma de Honra ao Mérito)
Irmão Edeltraut Lerch
Primo – Poeta (Diploma de Honra ao Mérito)
Seu Antônio da Bica.
William Brito (Diploma de Honra ao Mérito)
Francisco Rodrigues Correia – Pintor
José Bonifácio Macedo – Jardineiro
Mazinho – 70 anos (01/03/1940)

6. Entrega de 500 (quinhentos) tijolos para a Associação dos Moradores do Sítio Brejinho. Sede em construção.

7. Lembrando os 70 anos de Correinha.

“Negar a cultura popular é
rasgar a nossa própria identidade”
Eloi Teles

“Um país sem cultura popular,
nunca será uma nação”
Candéia

Pensamento para o Dia 25/02/2010



“Sempre que você se sentir oprimido pelo peso das responsabilidades mundanas e ansiedades e for incapaz de orar a Deus, é porque você tem condenado a si mesmo como indigno ou você pode não ter fé no Senhor. Mas não desista! Você deve desejar e adotar todos os meios para alcançar alegria, paz de espírito e levar uma vida exemplar. Com o dom da vida como um ser humano, não se deve renegar sua própria natureza humana. Você deve resolver firmemente que não irá permitir-se afundar nas profundezas de seres demoníacos ou no nível das bestas! O caminho espiritual pode e irá despertar, reforçar e sustentar seu desejo e resolução!”
Sathya Sai Baba

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

COMPOSITORES DO BRASIL


GORDURINHA

Por Zé Nilton

“Meu Deus
Por que é que nessa terra
Pedem paz e fazem guerra
E fazem guerra pela paz
Meu Deus
Por que é que os homens agem
Sempre em nome da coragem
A apunha-las só por trás
A fortuna correndo atrás
De quem já tem dinheiro
E o faminto se foge da fome
Ela vai atrás
Óh, meu Deus o sertão está seco
Só chove na praia
O oceano está cheio de água
Não precisa mais
Muita gente com a reza na boca
E o ódio no peito
O cristão fazendo mal feito
Com a Bíblia na mão
A ganância na terra entre os homens
Gerando conflito
E a ciência a serviço do mal
E da destruição”...
(Gordurinha: “Prece para os homens sem Deus”).

O nome Waldeck Artur de Macedo tem tudo para representar um sujeito muito sério, compenetrado e porque não dizer, sisudo e arredio. Contudo, a figura nomeada por tão pomposa graça não é nada disto. Começou a vida artística, lá pelos anos de 1938, em Salvador, como comediante e humorista, por tratar-se de uma pessoa alegre, brincalhona e de bem com a vida.

Gordurinha, que era magro e esbelto, logo ganhou notoriedade pelo jeito esculachado de ser, pela sua fina verve humorística e pelo sarcasmo que iria ser disseminado em suas letras anos mais tarde.

Disse em sua música que “cabeça grande é sinal de inteligência”, e com este dom (que independe do tamanho da caixa craniana), antecipou muitos movimentos musicais.

Na letra de “Chiclete com banana”, onde declara, à guisa de Adriano Suassuna, seu desprezo pela presença americana em nossa cultura, lembra a sacada tropicalista, de fraseado antropofágico, quando sugere na letra:

“Só boto bebop no meu samba,
Quando o tio Sam pegar no tamborim
Quando ele pegar no pandeiro e no zabumba
Quando ele entender que o samba não é rumba”...

Já na música “O vendedor de caranguejo” fala da sobrevivência no mundo do mangue, da lama, e na criação de um tipo de humanidade, o vendedor de caranguejo , preso à rotinização que acaba por configurar um tipo de sub cultura, mais tarde tão bem expressado pelo movimento mangue-beat, de Chico Science.

Foi um defensor da música regional, e muito criticou os preconceitos e os estereótipos com que o sudestinos marcam os nordestinos. Escreveu na capa do LP do Trio Nordestino, em 1972, um desabafo contra essa de que somos uns paus de arara. Disse que “Pau de Arara é a vovozinha”, música que abre um dos melhores discos dos gloriosos, Lindú, Cobrinha e Coroné.

Gozou também com a bossa nova, ridicularizando em suas rimas pobres e pouca ou nenhuma proposta.

Gordurinha tinha uma predileção pelo Ceará. Cantou a secas e as enchentes cearenses, pediu clemência ao Padre Cícero, exaltou a Praça do Ferreira.

É a atração desta quinta-feira no programa: Compositores do Brasil, a partir das 14 horas, na Rádio Educadora do Cariri.

Vamos falar de Gordurinha como uma das expressões da música nordestina cantada com a força e a graça da musicalidade baiana, de onde veio este excelente compositor brasileiro, que viveu as mais deferentes artes – cinema, teatro, música, locução radiofônica em Salvador e no centro do mundo – o Rio de Janeiro, de sua época.
Dentre as músicas de seu vasto cancioneiro, selecionamos o seguinte roteiro.

Vamos ouvir e falar de:

Tenente Bezerra, de Gordurinha com Gordurinha, gravação continental de 1959.
Uma prece para homens sem Deus, de Gordurinha, com Ary Lobo, de 1969;
Trem da Central, de Gordurinha e Mary Monteiro, com Marinês e sua gente, gravação da RCA Victor, de 1960.
Bossa quase nova, de Gordurinha, com Gordurinha, gravação original pela continental de 1961.
De trás pra frente, de Gordurinha, com Gordurinha, 1962;
Baianada, de Gordurinha, com Gordurinha, gravação da continental, de 1959.
Baiano burro nasce morto, de Gordurinha, com Gordurinha, do LP. Gordurinha tá na praça, gravação da Continental de 1959;
Pedido ao padre cicero, de Gordurinha, com Gordurinha, grvação original de 1959.
Vendedor de caranguejo, de Gorduinha, com Gordurinha, gravada pela Continental em 1958;
Súplica cearense, de Gordurinha e Netinho, com Luiz Gonzaga, gravação original da continental de 1960;
Mambo da Cantareira, de Gordurinha, com Gordurinha, gravação da continental de 1960;
Pau de arara é a vovozinha, de Gordurinha, com Trio Nordestino, 1972.
Chiclete com banana, de Gordurinha e Almira Castilho, com Jackson do Pandeiro, gravação original pela continental, de 1959.

Quem ouvir, verá !

Informações:
Programa Compositores do Brasil
Pesquisa, produção e apresentação de Zé Nilton
Sempre às quintas-feiras, às 14 horas
Rádio Educadora do Cariri – 1020 kz.
Apoio: CCBN
.

Pensamento para o Dia 24/02/2010



“Exercícios espirituais, como adoração (Pooja), cantar o nome de Deus (Bhajans) e meditação (Dhyana), são atividades induzidas pela devoção para levá-lo a um plano superior. Aqueles que não têm conhecimento das alturas a que os exercícios espirituais podem levar não deveriam permitir-se envolver em controvérsia sobre sua eficácia. Tais alturas podem ser conquistadas e julgadas apenas por meio da prática verdadeira. A prova reside apenas em sua própria experiência pessoal.”
Sathya Sai Baba

---------------------------------------

“Se alguém pretende se livrar da cor negra do carvão, o que água e sabão podem fazer? Nem lavá-lo no leite pode ajudar. O único meio é colocá-lo em um fogo. Isso irá transformá-lo em um monte de cinzas brancas. Da mesma forma, quando se está ansioso para destruir a escuridão da ignorância e da sujeira do desejo, o conhecimento do Eu Superior é necessário. A escuridão pode ser terminada somente com ajuda da luz. Não podemos superar a escuridão atacando-a com mais escuridão. O conhecimento do Eu Superior é a iluminação que alguém necessita para destruir a escuridão interior. Cada um de vocês deve vencer por si mesmo, mediante fé firme e devoção ardente.”
Sathya Sai Baba

Tristeza para o Ceará (Xô Urubus!) - Por Pedro Esmeraldo

Neste momento assustador, os cearenses de respeito, principalmente aqueles que desejam ver um ceará melhor, mais alegre, rico, e bem elevado no seu tempo de limitação progressista, ficam deputados que teem ideias contraditórias, ás vezes ignóbeis, vivem perturbando a mente do bom cearense com gestos mesquinhos, em querer transformar pequenos distritos em cidades independentes.

Não compreendemos como esses homens que se dizem representantes do povo querem cercear o nosso desenvolvimento equilibrado, visto que não sabem fazer outra coisa senão refazer o crescimento reto; vivem discutindo asneiras em plena assembleia legislativa.

Nós, os cratenses, não comungamos com essa ideia de pensamento frágil, pois demonstram muita fraqueza em suas palavras discordantes e provocativas, dizem que querem criar municípios de qualquer maneira, visto que teem como meta principal protelar o desenvolvimento do estado, já que não teem condições favoráveis de desenvolver, pois alguns deles andam engatinhando sem possuir o equilíbrio técnico e econômico. Não há trabalho suficiente para impulsionar a sua mágica economia.

Não é do nosso agrado querer impedir o progresso desses distritos, mas é necessário que haja disposição financeira e progresso social que satisfaçam aos anseios do povo. Nesse caso, tem de enfrentar uma luta árdua e antipática para conseguir recursos suficientes e não deixar cair em um desequilíbrio moral, coisa que acontece constantemente no Brasil. Não recuaremos no nosso pensamento, lutaremos até o fim, não aceitaremos vinditas.

Não esmorecemos um instante, visto que queremos que todos tomem conhecimento da situação econômica do Brasil, que não é boa, como se apregoam. Todos esse pequenos municípios tendem a viver as custa do Governo Federal e permanecem com o pires na mão solicitamos ajuda.

Agora mesmo, lembramos, aos nobres deputados: Por que não cuidar da melhoria da qualidade de vida do cidadão cearense? Por que não incutirem na mente dos homens do campo a qualificação do individuo campestre no avanço tecnológico? Por que não melhorar estilo na produção agrícola, dando curso de capacitação a todos os agricultores de boa vontade que forçará a melhoria de produtividade na vida agropecuária do estado e que atualmente andam entregues às baratas, sem nenhuma movimentação que venha provocar uma melhor disposição do homem para exercer sua tarifa agrícola?

Ah, meus grandes chefes cheios de aventuras milagrosas, fiquem sabendo que não conseguirão milagres com palavras ocas, mas é com o desejo de trabalhar com afinco e mostrar a todos que o Ceará será um Estado produtivo como são os estados de outras regiões do Brasil, já que se engrandecem com muito trabalho e amor a terra comum.

Queremos lembrar ao pessoal da Ponta da Serra: esse distrito foi quem mais se beneficiou no Crato. Tudo isso conseguiu no decorrer dos tempos. Esse distrito deve ser grato ao Crato, pois temos como meta a palavra mágica e sublime, que é a gratidão.

Crato 23-02-2010

ASSOCIAÇÃO CEARENSE DE FORRÓ

Ontem estive na reunião da ASF - ASSOCIAÇÃO CEARENSE DE FORRÓ, uma entidade que funciona em Fortaleza há pelo menos três anos. O local do encontro foi no KUKUKAYA, casa de shows já tradicional na capital cearense em apresentações de grupos e músicos do verdadeiro forró. Uma das melhores características da ASF é sem dúvida a valorização do autêntico ritmo nordestino que anda meio que deturpado, diante da proliferação de bandas e de músicas que só denigrem a imagem do povo cearense, com letras que incitam ao sexo, drogas, alcoolismo, violência, baixaria e desvalorização da mulher. O que a associação pretende é tão somente valorizar os músicos que dela participam, dando-lhes apoio e procurando divulgar os seus trabalhos de forma cooperativa e mostrando a qualidade de suas composições, sem a necessidade de requisitos totalmente fora do contexto do forró.
Estive lá a convite do artista NEO PI NEO, que é um dos diretores da ACF. Mas essa não é a primeira vez que estive por lá. Antes, participei das reuniões iniciais, no mesmo KUKUKAYA, sob a direção do Valtinho, que é o seu Presidente, e na ocasião estava lá o sanfoneiro SANTANA, de Juazeiro do Norte, que já participa de uma associação com as mesmas características na cidade de Recife.
Na reunião de ontem, uma ótima coincidência aconteceu. O encontro com João do Crato, que estava conhecendo a ASF e que, junto comigo, se prontificou em dar impulso a uma interiorização da associação através do Cariri. Então marcamos uma reunião para o Crato para a próxima semana, segunda ou terça-feira (mandaremos os convites para os interessados), com a presença de boa parte da diretoria da associação de Fortaleza. No momento, confirmaram as presenças: Valtinho (Presidente da ACF), Neo Pi Neo (Diretor) e outros integrantes da diretoria e sócios. Então desde já fiquem atentos, pois estaremos provocando esse encontro no nosso Cariri, para o lançamento da ACF-CARIRI, com o mesmo sentido que existe a associação em Fortaleza, ou seja, a valorização do verdadeiro forró, do qual temos orgulho de conhecer e de ser um dos ritmos que nos identifica.

Instrumental & Qual - O Som da Terra


Programa radiofônico de música instrumental nas tardes de quarta, das 14 às 15 horas pela Rádio Educadora do Cariri AM 1.020 e Internet (cratinho.blogspot.com)

A música é como o amor que quer ser supremo. Ela busca a perfeição e depende, assim, da reciprocidade entre o som e o compositor, o arranjador e o músico, o músico e o intérprete, o intérprete e o ouvinte. E a supremacia da música é o que se pretende estabelecer neste programa, o Instrumental & Qual – O Som da Terra: música que não penetre somente pelos ouvidos ou pelos outros cinco buracos da cabeça; mas música transcendental que atinja coração & mente e que preencha a alma e vire vida plena de plenitude, atitude e altitude espiritual.

Roteiro musical
1. Pegao (José Feliciano)
2. Moonlight in vermont (Kurt Suessdorf e John Blackburn), com Stan Getz
3. “A” 200 (Ian Paice, John Lord e Ritchie Blackmore), com Deep Purple
4. Chorinho pra ele (Hermeto Pascoal)
5. Mozambique (Sérgio Mendes, Michael Sembello, Natan Watts e Sebastião Neto), com Sérgio Mendes And The New Brasil' 77
6. Cantaloupe island (Herbie Hancock)
7. Quem viver chorará (Raimundo Fagner)
8. Mood for a day (Steve Howe) com Synphonic Music of Yes
9. Brejeiro (Ernesto Nazareth) com Beto Preah
10. Pout-porri de músicas de Luiz Gonzaga, com Banda de Música Municipal do Crato

Ficha Técnica
O programa Instrumental & Qual – O Som da Terra é uma produção das Officinas de Cultura e Artes & Produtos Derivados (OCA) e revista virtual Cariricult
Apoio do Centro Cultural Banco do Nordeste em parceria com a Rádio Educadora do Cariri AM 1.020
Redação e programação musical: Luiz Carlos Salatiel, Dihelson Mendonça e Carlos Rafael Dias
Apoio logístico: Guilherme Norões
Apresentação: Carlos Rafael Dias
Operador de Áudio: Iderval Silva
Operador de transmissão: Iran Barreto
Gerente do Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri: Lenin Falcão
Diretor-Gerente da Rádio Educadora do Cariri: Geraldo Correia Braga

Fique ligado!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Docentes das estaduais em vigília pelo piso - Postado por Océlio Teixeira

Um grupo de professores da Uece, UVA e Urca vai realizar, a partir das 17 horas desta terça-feira, uma vigília com o objetivo de pressionar a Justiça a fazer cumprir a lei do piso salarial da categoria. Essa lei foi implantada pelo então governador Gonzaga Mota, mas nunca viabilizada nos demais governos, o que resultou numa ação trabalhista que durou 24 anos.

Agora, com o processo julgado em todas as instâncias, os docentes das universidades estaduais tentam pressionar para ver se o Governo Cid Gomes paga o piso, cujo valor continua em estudos por parte a Procuradoria Geral do Estado.

A vígília dos professores das estaduais começa às 17 horas e será seguida de missa na Igreja de Fátima em memória, segundo lideranças do movimento, de 185 docentes que morreram ao longo desse processo.

DETALHE – O governo GM nunca pagou o piso

Fonte: Eliomar de Lima

Nota: Quem quiser ter mais informações sobre essa questão do piso salarial dos professores das universidades estaduais pode acessar: http://pisosalarial.blogspot.com/

Odorico Monteiro assume Instituto CENTEC - Postado por Océlio Teixeira

O ex-secretário da Saúde de Fortaleza, Odorico Monteiro, vai assumir na próxima segunda-feira o cargo de presidente do Instituto Centec, organismo gestor da rede de centros vocacionais e faculdades tecnológicas do Estado.

Ele vai substtuir o professor Sanuel Brasileiro, que estava com seu mandato prorrogado desde novembro ultimo. Samuel continua nos quadros docentes do Centec, mas deve retomar seucurso de Doutorado na UFC.

Odorico retornou do Canadá recentemente, onde fez doutorado na ára de Saúde Pública.

Antes porém de sua posse, o Conselho do Instituto Centec fará reunião para sacramentar o nome de Odorico, que já foi indicado pelo governador Cid Gomes (PSB).

DETALHE – Odorico Monteiro foi secretário de Saúde de Sobral na épcoa em que Cid Gomes era prefeito.

Fonte: Eliomar de Lima
Nota: Odorico concluiu, recentemente, seu curso de Pós-Doutorado, no Canadá.

É possível amar os inimigos? Por Magali de Figueiredo Esmeraldo


No Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus, (5, 43-48) Jesus disse: “Vocês ouviram o que foi dito: Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo! Eu, porém, lhes digo: amem os seus inimigos, e rezem por aqueles que perseguem vocês! Assim vocês se tornarão filhos do Pai que está no céu, porque ele faz o sol nascer sobre os maus e bons, e a chuva cair sobre os justos e injustos. Pois, se vocês amam somente aqueles que os amam, que recompensa vocês terão? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se vocês cumprimentam somente seus irmãos, o que é que vocês fazem de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sejam perfeitos como é perfeito o pai de vocês que está no céu”.

É muito difícil colocarmos em prática essas palavras de Jesus “amai os vossos inimigos.” É fácil amar quem nos ama e nos faz o bem. Existe até quem ache impossível amar as pessoas que tentam nos prejudicar.

Nos dias de hoje, os mandamentos de Jesus são um desafio para todos nós. O Evangelho nos traz a esperança de um relacionamento humano bem diferente daquele que está impregnado na sociedade, isto é: odiar os inimigos e amar apenas os amigos. Amar o inimigo é se relacionar com ele, que é também amado por Deus. Porém na nossa imperfeição isso se apresenta como um problema quase insolúvel. Como poderemos solucionar esse problema? Através do amor as diferenças no relacionamento serão superadas. Nesse trecho do Evangelho, Jesus nos convida a uma mudança de comportamento que nos tornem testemunhas da justiça de Deus.

Amar os inimigos nos mostra que o amor é a capacidade de conviver com os conflitos de relacionamento. Como Deus é perfeito, ama a todos nós, até nossos inimigos. Deveríamos fazer isso, mas não somos perfeitos como o Pai. Entretanto, somos chamados por Ele para ser santo. É difícil para nós pecadores alcançarmos a santidade. Mas se não podemos ser perfeito como Deus, devemos melhorar e crescer como ser humano. Quem sabe não chegaremos a conclusão que os nossos inimigos estão entre os nossos maiores amigos? Será que essas pessoas pensam como nós? Dizem o que gostaríamos de dizer e que não temos coragem?

Quando não simpatizamos uma pessoa é porque enxergamos nela defeitos que são nossos. Se Deus ampara a todos nós com o seu amor, vejamos isso como um sinal de que temos que resolver entre nós as diferenças através do diálogo. Essa talvez seja a melhor maneira de aprendermos que o amor é a melhor forma de justiça. E o mundo teria muito mais justiça e paz se o amor estivesse no coração de todos.

Como amar o nosso inimigo? Não cultivando o ódio, rancor e nem desejos de vingança. Perdoando e pagando o mal com o bem. Também se alegrando com as coisas boas que aconteçam na vida daquele que consideramos inimigo. E se na nossa vida se apresentar uma situação em que essa pessoa precise de ajuda, devemos auxiliá-la no que for preciso. E, além disso, se surgir uma oportunidade de reconciliação, não colocar nenhum obstáculo para que isso ocorra. Se agirmos assim estaremos seguindo o mandamento de Jesus: “amar os inimigos.”

Por Magali de Figueiredo Esmeraldo

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

BEM LONGE DO ESPINHO

Por Pedro Esmeraldo

Às vezes, aparecem perto de nós pessoas bisbilhoteiras e, portanto, procuramos afastar desse lado mal porque não apoiamos o bisbilhoteiro.

Um dia, amigos nossos, (não citaremos nomes), advertiram-nos dizendo: em mesa de bares e em rodas de amigos surgem conversas desagradáveis. Mas procuramos desviar com altivez, pois desse quadro não podemos contornar em ambiente sombrio que nos provocam constantemente ao seu bel prazer.

Temos pavor de nos encostar em arbustos espinhentos, como é o caso de mandacaru. Não suportaremos comentários maldosos que nos podem acarretar a diferença amistosa que há entre amigos e poderão escurecer esse ambiente de paz, união e serenidade.

Mas, afirmamos, não desejaremos mais afastar dos amigos, por que temos como meta a sinceridade e freqüentamos sempre, com assiduidade, a rota amistosa com pessoas dignas e honestas.

Avisamos, com muita precisão, que o nosso maior desejo é lutar pela nossa terra. Infelizmente, nos dias atuais, vemos uma horda de mal feitores que lutam contra o Crato e não desejam conservar os bens patrimoniais de nossa cidade, já que não teem cautela e muitos são maldosos; não freqüentam um ambiente sadio em prol da nossa terra.

Avisamos, com sinceridade e desde priscas eras, o nosso maior desejo é vermos o Crato evoluir, sempre glorificado nos dias atuais, mas, para isto, é preciso afastar do meio político as pessoas fracas e falaciosas e consideramos os vendilhões desses municípios.

Não gostamos desses políticos fracos, pois tratam o município com gestos ardilosos, vivem enganando o povo, contaminando o ambiente com pessoas mal cheirosas, visto que há muitos anos teem por objetivos trabalhar só para si e o Crato que caia no esquecimento.

Desde o início da década de 1980, Crato sofre com homens despreparados para exercer cargos públicos e vem sempre administrados por pessoas inadequadas e de comportamento sóbrio, com muita maldade dominam a cidade.

Se continuarmos neste mesmo diapasão Crato não andará e sempre poderá se descontrolar, porque alguns políticos andam tocando músicas desafinadas e não compreendem que o povo não pode suportar tanto erro cometido, provocado pela ganância de alguns e pela falta de patriotismo de outros, enquanto isso a cidade percorre um caminho lento e tenebroso que faz tirar a iniciativa do povo.

Notamos que estamos percorrendo um caminho sozinho, sem nenhuma ajuda para empurrar o barco em direção das águas profundas, a fim de adquirir bons elementos que façam o Crato caminhar com dignidade em direção ao futuro.

Fujamos desse desregramento físico que nos faz arrefecer e ficar ponderando atoleimados diante das injustiças sem podermos nos controlar e seguir em frente o nosso caminho.

Antes de tudo, procuremos consertar os erros e nos afastar dessa corja trogloditiana que só nos vem provocar e trazer mal-estar dentro do nosso pensamento de homens sérios, e equilibrar o barco que anda à deriva.

Mais uma vez dizemos: lutaremos pelo Crato até a morte, custe o que custar, mas procuramos afastar esses políticos fracos que vivem querendo dilacerar o Crato através da intriga, e, ao mesmo tempo, continuaremos na luta de distritos importantes que nos vem causar desgosto e prejuízo ao país. Já chega de tanta cidade-distrito por que queremos crescer e mostrar que somos uma cidade destemida e voluntariosa.

Crato, 10.02.2010

Pensamento para o Dia 22/02/2010



“Insetos venenosos estarão em nosso lar somente em lugares escuros, sujos. Dentro de um quarto mantido escrupulosamente limpo, nenhuma cobra, escorpião ou inseto venenoso pode entrar. Do mesmo modo, a sabedoria sagrada não pode entrar nos corações que são escuros e sujos. Em vez disso, as características venenosas como a raiva encontrarão nesses corações um resort agradável. O significado sublime de Vidya ou Educação Superior pode ser apreendido por alguém quando a sua mente é pura. Ela pode ser comunicada a alguém somente quando a mente pura derrama sua luz reveladora.”
Sathya Sai Baba

----------------------------------
“Abandone os sentimentos de “eu” e “você”. Só então você pode compreender a glória daquilo que não é nem “eu” nem “meu”. Isso não significa renunciar a tudo. Lide com o mundo como o dever demanda, com um espírito de desapego. O teste de ácido pelo qual uma atividade pode ser confirmada como santa e sagrada é verificar se ela promove apego ou escravidão. A atividade é impura ou pecaminosa se surgir ou promover ganância. Com a intenção de cumprir suas funções legítimas, ore a Deus para mantê-lo vivo por cem anos. Você não incorrerá em culpa. Essa é a lição da verdadeira educação.”
Sathya Sai Baba

Secult lança o maior Prêmio Literário para Autores Cearenses

O I Prêmio Literário para Autor (a) Cearense é a maior premiação para a literatura na história do Estado do Ceará : R$ 2.000.000,00

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará torna público o edital do I Prêmio Literário para Autor(a) Cearense que contemplará de 60 a 120 livros inéditos. Este edital é a maior premiação para a literatura na história do Estado do Ceará com recursos do Tesouro do Estado da ordem de 2.000.000,00 (dois milhões de reais). As inscrições são gratuitas e seguem até 31 de março de 2010.

O edital visa preservar nosso patrimônio literário e incrementar a produção editorial cearense. Serão 14 (quatorze) categorias, abaixo discriminadas, o que garantirá a distribuição de cerca de 24 mil livros para as bibliotecas públicas do Ceará. Isso porque cada autor contemplado ganha uma premiação em dinheiro (que varia entre R$ 2.857,14 a R$ 4.285,71) e a publicação de 1.000 exemplares de sua obra inédita, sendo 400 destes destinados às bibliotecas públicas do Estado. Os outros 600 exemplares serão do autor para vendagem e distribuição pelo País.

Com exceção das categorias de Reedição e Publicação de Álbum/Livro de Arte, só poderão concorrer ao certame OBRAS INÉDITAS, cujos textos não foram publicados em conjunto, integralmente, em meio impresso e/ou eletrônico. Já as categorias Selo Editorial, Revista Literária/Cultural e Álbum/Livro de Arte tem características diferentes.

O Prêmio leva o nome de autores cearenses em suas categorias, contemplará pessoas físicas como escritores, editores, quadrinhistas, pesquisadores, ilustradores, cordelistas, artistas e autores (as) de projetos gráficos em Literatura e Cultura, distribuídos nas seguintes categorias:

1. Prêmio Caetano Ximenes Aragão, de Poesia inédita (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
2. Prêmio Jáder de Carvalho, de Romance inédito (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
3. Prêmio Moreira Campos, de Conto inédito (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
4. Prêmio Milton Dias, de Crônica/Memórias inédita (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
5. Prêmio Rachel de Queiroz, de Literatura Infantil e Juvenil inédita (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
6. Prêmio Alberto Porfírio, de Literatura de Cordel inédita (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
7. Prêmio Otacílio de Azevedo, de Reedição (R$ 2.857,14 para o proponente/autor (a) + publicação);
8. Prêmio Eduardo Campos, de Dramaturgia inédita (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
9. Prêmio Braga Montenegro, de Ensaio e/ou Crítica literária inéditos (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
10. Prêmio Guilherme Studart de Ensaio sobre Tema Cultural inédito (R$ 4.285,71 para o autor (a) + publicação);
11. Prêmio Luiz Sá, de Álbum em Quadrinhos inédito (R$ 4.285,71 para o autor (a)/ + publicação);
12. Prêmio Manoel Coelho Raposo, de Publicação de Selo Editorial (execução de projetos de publicação, conforme apresentação de Plano de Trabalho, de coleção constituída de, no mínimo, três livros versando sobre temática CULTURAL específica a escolher);
13. Prêmio Edigar de Alencar, de Publicação de Revista Literária/Cultural (execução de projetos de publicação, conforme apresentação de Plano de Trabalho, de, no mínimo, três números/edições de revistas, inéditas ou em curso, com tiragem mínima de 1.000 exemplares cada um)
14. Prêmio J. Ribeiro, de Publicação de Álbum/Livro de Arte (publicação ou republicação de álbum, livro de arte e outras publicações em forma de livro, não contempladas nas categorias acima relacionadas, conforme apresentação de Plano de Trabalho)

Fonte: Coordenação de Comunicação - Secult (85) 3101-6761 / 3101-6759 twitter.com/secultceara www.secult.ce.gov.br

sábado, 20 de fevereiro de 2010

19 de agosto: dia do Historiador - Postado por Océlio Teixeira

A proposta de homenagear os historiadores é do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), um dos caras mais capacitados prá falar de educação neste país deseducado. A data escolhida de início era o dia 12 de setembro. Mas aí o senador Augusto Botelho (PT-RR) propôs uma emenda, apovada pela comissão, que alterava a data para hoje, 19 de agosto.

O motivo? Aproveitar a data para homenagear Joaquim Nabuco, que nasceu dia 19 de agosto de 1849. Nabuco, prá quem dormiu naquela aula marota de História do Brasil (dependendo do professor eu não os culpo), foi um dos maiores abolicionistas deste país. Também foi político, diplomata, jurista, jornalista(!), um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras e... Historiador!

Portanto, parabéns prá todos os malucos historiadores deste Brasil.

E para o post não ficar muito meia-boca, vou copiar e colar aqui um trecho da justificativa do senador para criar o Dia do Historiador:

"Um povo sem história é um povo sem memória. Essa afirmação, mais que um dito já popular, é também uma verdade histórica, pois todos os agrupamentos humanos que não preservaram sua memória - em histórias, documentos, objetos de arte e arquitetura - acabaram sucumbindo a ditaduras e até acabaram por desaparecer da face da Terra.

Por essa razão, não apenas a disciplina que trata das histórias dos povos deve merecer nossa atenção, mas também os cientistas que se dedicam a essa tarefa tão nobre. Obviamente, a história se faz por seus protagonistas: lideranças políticas, religiosas e econômicas, por um lado; grupos populares, lutas contra a opressão e pela libertação, por outro. E para registrar tudo, o historiador.

E de tal modo é importante o papel dos historiadores que, por vezes, eles ajudam, também, a reconfigurar a história de um País. Ao lado da Filosofia e da Literatura, a História está presente desde os primeiros momentos da nossa tradição ocidental, constituindo um dos saberes mais antigos de nossa civilização."

Fonte: http://ohistoriadorperdido.blogspot.com

LEI Nº 12.130, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009.

Institui o Dia Nacional do Historiador, a ser celebrado anualmente no dia 19 de agosto.

O VICE–PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o É instituído o Dia Nacional do Historiador, a ser celebrado anualmente no dia 19 de agosto.

Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

DOU - 18/12/2009

Crato merece uma Secretaria do Turismo - Por Océlio Teixeira

Uma discussão que circulou recentemente no Blog do Crato, levantada pelo nosso amigo Dihelson, foi o desenvolvimento da atividade turística no Crato. Num comentário que fiz, e depois num texto postado, defendi a idéia de que o Prefeito Samuel Araripe crie uma Secretaria do Turismo. Nada contra o Secretário Duda, do Desenvolvimento Econômico, pasta a qual está ligado o Departamento de Turismo. Duda é uma pessoa séria e tem desempenhado seu trabalho com bastante competência. Mas me parece que ao turismo não tem sido dada a devida atenção. E como o Crato tem um potencial enorme neste setor, acredito e defendo a criação de uma Secretaria dedicada ao turismo.
No municipio de Crato podemos desenvolver o turismo histórico cultural, o turismo ecológico, o turismo religioso, o turismo rural, o turismo científico, o turismo de base comunitária, o turismo de eventos, dentre outros. O que está faltando?, nos perguntou o Dihelson. Pra mim falta uma Secretaria, com uma equipe devidamente qualificada, que coordene esse trabalho, faça projetos, dialogue com a sociedade, vá atrás de recursos, etc. Tenho certeza que o Crato ganharia e muito com uma pasta destinada a pensar e planejar o turismo no município.
Fica assim minha sugestão. Gostaria de ler a opinião dos leitores do Blog, dos colaboradores e, se possível, dos gestores da cidade. O turismo, feito de forma sustentável, é um vetor fundamental para o desenvolvimento de uma cidade e uma região. Vamos pensar nisso?
Por fim, só uma informação: o pólo indutor do turismo no Cariri, criado pelo Ministério do Turismo, é Nova Olinda. Vocês sabiam disso? Pois é, nada contra a cidade dos meus amigos Alemberg Quindins e Sr. Expedito Seleiro, mas o Crato tem uma tradição histórica, cultural, política e turística muito maior que a cidade de Nova Olinda. E porque Nova Olinda foi escolhida pelo MTur?

Bares do município de Catarina agora têm horário para fechar - Postado por Océlio Teixeira

Nota: Já pensou se essa moda pega?

A juiza substituta Ana Celina Monte Studart Gurgel, titular da Comarca de Catarina, assina portaria determinando o horáro de fechamento de bares, restaurantes, boates e comércios afins. A Portaria Nº 02/2010, estabelece três horários diferentes para o fechamento: de segunda a quinta-feira, esses estabelecimentos devem cerrar as portas às 23 hrs. Nas noites de sexta-feira e sábado, o limite de funcionamento vai até 1h da madrugada seguinte. Na noite de domingo, a tolerância se encerra à 0h.

Segundo nota da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Ceará, quando houver festejos específicos no município, o caso é tratado como exceção e não é estabelecido horário para o fechamento dos bares, boates e afins. A Portaria foi assinada no último dia 20 de janeiro, considerando a "necessidade de garantir a tranquilidade e a ordem pública local".

Outro argumento utilizado pela juíza para estabelecer a Portaria é o artigo Nº 42 do Decreto-Lei Nº 3.688, de 1941, a chamada Lei das Contravenções Penais. O texto legal tipifica como contravenção penal a perturbação do sossego alheio.

Por: Luciano Augusto
Fonte: Ceará Agora

Pensamento para o Dia 20/02/2010



“Vidya é o processo de educação que ensina que o cosmos é a manifestação do Jogo do Senhor. O mundo inteiro é a residência do Senhor (“Ishaavaasyam Idam Jagath”)! Portanto, ninguém deve acolher o sentimento pessoal de posse ou mesmo um indício de egoísmo. Renuncie ao sentimento de apego, sinta a presença do Senhor em toda parte. Saúda a bem-aventurança que o Senhor confere a você e experimente-a com gratidão, sem estar preso aos desejos. Essa é a mensagem dos antigos sábios e videntes.”
Sathya Sai Baba

------------------------
“Enquanto labuta no caminho espiritual, você deve ter o próprio Senhor como seu protetor. Para incutir coragem no filho, a mãe o convence a andar alguns passos e retornar, mas ela não o deixará cair. Se ele vacila e está prestes a perder o equilíbrio, ela corre por trás dele e o segura antes que caia. Deus também tem os olhos fixos em você, Seu devoto. Ele tem em Suas mãos a linha com que Ele o segura como uma pipa. A linha é o laço de amor e graça. Ele pode dar-lhe um puxão e, às vezes, Ele pode afrouxar o aperto. Tudo o que Ele fizer, esteja confiante e despreocupado, pois é Ele que o sustenta e lhe dá a força.”
Sathya Sai Baba

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

COMPOSITORES DO BRASIL


Noel Rosa - parte três
OS AMORES DE NOEL

Por Zé Nilton

Noel Rosa foi intenso em tudo o que fosse criatividade, inventividade e descoberta. De igual tamanho o foi no amor. Suas paixões foram arrebatadoras. Paixões fugazes, eternas, amores vividos e platônicos. Viveu seus 26 anos e alguns meses experimentando tudo o que tempo lhe permitiu.

Em se tratando de sua vida amorosa, muito dos vultos femininos ficaram registrados em sua obra.

Logo de início, diz o seu mais perfeito biógrafo, o escritor, compositor, ator e músico Henrique Foreis Domingues - o iniciador da vida artística de Noel – já aos 16 anos este iniciara suas experiências sexuais. “E mais tarde, já famoso, criador de canções populares, Noel teve várias aventuras amorosas, que narrava com detalhes a seus amigos”.

É lugar-comum não se encontrar beleza física em Noel. Mas naquela época – anos 20 e 30 – quem chegasse ao rádio com igual potência ao do “filósofo do samba” conquistava o coração e, muitas vezes, o corpo da mulher, amada.

Estamos falando de um tempo em que a música se revestia de certa delicadeza, de certa leveza... O tempo em que se musicavam poemas, poemas líricos, poemas de amor, de ternura... Do tempo em que havia o respeito pela palavra MÚSICA. Porque nem tudo seria gravado. Gravava-se a música que falasse ao coração, à pessoa, à sociedade, à brasilidade.

Diferente de hoje em que qualquer um que faça uma porcaria de ruído com dois tons, e se rebole em frente às câmaras ganha não só o privilégio de “ficar” com algumas, como vira uma celebridade nacional. Ó tempos, ó mores!

Neste último programa de uma série de três iremos enfocar e nomear os amores e os dissabores amorosos de Noel. Com isto estamos contribuindo para oferecer aos ouvintes através da memória histórica da MPB o (re)conhecimento de valores que ajudaram a construir a nossa identidade musical. Não se está pura e simplesmente reafirmando o passado pelo passado. Falar de memória histórica é trazer para o presente o sentido da construção de um traço cultural – a música brasileira– que, por suas qualidades, representa muito de nossa nacionalidade.

Neste sentido, o eminente escritor e biógrafo Sergio Cabral escreveu: “ não há qualquer exagero na afirmação de que [ no campo da música Noel] é um dos pais de nossa nacionalidade”

Ouviremos:

Até amanhã, de Noel Rosa, com Noel Rosa;
Três apitos, de Noel Rosa, com Aracy de Almeida;
Estátua da paciência, de Noel Rosa, com o conjunto Coisas Nossas;
Feitio de Oração, de Noel Rosa e Vadico, com João Nogueira;
Cor de Cinza, de Noel Rosa, com Jardes Macalé;
Pra Esquecer, de Noel Rosa, com Nelson Gonçalves e Rafael Rabello;
Meu barracão, de Noel Rosa, com Caetano Veloso;
Pra que mentir, de Noel Rosa, com Paulinho da Viola;
Prazer em Conhecê-lo, de Noel Rosa, com Noel Rosa;
O maior castigo que te dou,de Noel Rosa, com Aracy de Almeida;
Só Pode Ser Você, de Noel Rosa, com Aracy de Almeida;
Quem Ri Melhor, de Noel Rosa, com Noel e Marília Baptista;
Último desejo, de Noel Rosa, com Quarteto em Cy;
Você vai se quiser de Noel Rosa, com Noel Rosa e Marília Baptista,
Eu Sei Sofrer, de Noel Rosa, com Aracy de Almeida.

Quem ouvir, verá !

Programa: Compositores do Brasil
Pesquisa, produção e apresentação de Zé Nilton
Todas as quintas-feiras, às 14 horas
Rádio Educadora do Cariri
Apoio. CCBN

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O Tempo da Quaresma - Postado por Océlio Teixeira


O que quer dizer Quaresma?

A palavra Quaresma vem do latim quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no famoso Domingo de Páscoa. Esta prática data desde o século IV.

Na quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira (até a Missa da Ceia do Senhor, exclusive - Diretório da Liturgia - CNBB) da Semana Santa, os católicos realizam a preparação para a Páscoa. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando o crescimento espiritual. Os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre suas vidas e a mensagem cristã expressa nos Evangelhos. Esta comparação significa um recomeço, um renascimento para as questões espirituais e de crescimento pessoal. O cristão deve intensificar a prática dos princípios essenciais de sua fé com o objetivo de ser uma pessoa melhor e proporcionar o bem para os demais.

Essencialmente, o período é um retiro espiritual voltado à reflexão, onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo Vivo, Ressuscitado no Domingo de Páscoa. Assim, retomando questões espirituais, simbolicamente o cristão está renascendo, como Cristo. Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, eles fazem parte da disciplina religiosa. Cada doutrina religiosa tem seu calendário específico para seguir. A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa luto e penitência.

Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d. C., a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias. Assim surgiu a Quaresma.

Qual o significado destes 40 dias?

Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material. Os zeros que o seguem significam o tempo de nossa vida na terra, suas provações e dificuldades. Portanto, a duração da Quaresma está baseada no símbolo deste número na Bíblia. Nela, é relatada as passagens dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e de Elias na montanha, dos quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública, dos 400 anos que durou a estada dos judeus no Egito, entre outras. Esses períodos vêm sempre antes de fatos importantes e se relacionam com a necessidade de ir criando um clima adequado e dirigindo o coração para algo que vai acontecer.

O que os cristãos devem fazer no tempo de Quaresma?

A Igreja católica propõe, por meio do Evangelho proclamado na quarta-feira de cinzas, três grandes linhas de ação: a oração, a penitência e a caridade. Não somente durante a Quaresma, mas em todos os dias de sua vida, o cristão deve buscar o Reino de Deus, ou seja, lutar para que exista justiça, a paz e o amor em toda a humanidade. Os cristãos devem então recolher-se para a reflexão para se aproximar de Deus. Esta busca inclui a oração, a penitência e a caridade, esta última como uma conseqüência da penitência.

Ainda é costume jejuar durante este tempo?

Sim, ainda é costume jejuar na Quaresma, ainda que ele seja válido em qualquer época do ano. A igreja propõe o jejum principalmente como forma de sacrifício, mas também como uma maneira de educar-se, de ir percebendo que, o que o ser humano mais necessita é de Deus. Desta forma se justifica as demais abstinências, elas têm a mesma função.

Oficialmente, o jejum deve ser feito pelos cristãos batizados, na quarta-feira de cinzas e na sexta-feira santa. Pela lei da igreja, o jejum é obrigatório nesses dois dias para pessoas entre 18 e 60 anos. Porém, podem ser substituídos por outros dias na medida da necessidade individual de cada fiel, e também praticados por crianças e idosos de acordo com suas disponibilidades.

O jejum, assim como todas as penitências, é visto pela igreja como uma forma de educação no sentido de se privar de algo e reverte-lo em serviços de amor, em práticas de caridade. Os sacrifícios, que podem ser escolhidos livremente, por exemplo: um jovem deixa de mascar chicletes por um mês, e o valor que gastaria nos doces é usado para o bem de alguém necessitado.

Fonte: CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
Arquidiocese de São Paulo - Vicariato da Comunicação
Via: http://www.auxiliadora.org.br

CF 2010: Não se pode servir a Deus e ao dinheiro - Postado por Océlio Teixeira


Promover uma economia a serviço da vida é objetivo da CF que começa hoje.

A Campanha da Fraternidade que as Igrejas do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) lançam hoje, 17, tem como objetivo geral ajudar a sociedade a construir uma economia que esteja a serviço da vida. Além do objetivo geral, outros cinco objetivos específicos fazem parte da Campanha.

Pela terceira vez a Campanha é realizada de forma ecumênica, a exemplo do que aconteceu em 2000 e 2005. O ato de abertura, em nível nacional, será em Brasília e consta de uma coletiva de imprensa, às 14h, na igreja Luterana (Quadra 406/Sul), e de uma celebração ecumênica, às 19:30h, no Santuário Dom Bosco.

Confira, abaixo, os objetivos da Campanha da Fraternidade Ecumênica-2010.

Objetivo geral: Colaborar na promoção de uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum em vista de uma sociedade sem exclusão.

Objetivos específicos:
1. Sensibilizar a sociedade sobre a importância de valorizar todas as pessoas que a constituem;
2. Buscar a superação do consumismo, que faz com que ‘ter’ seja mais importante do que as pessoas;
3. Criar laços entre as pessoas de convivência mais próxima em vista do conhecimento mútuo e da superação tanto do individualismo como das dificuldades pessoais;
4. Mostrar a relação entre fé e vida, a partir da prática da justiça como dimensão constitutiva do anúncio do evangelho;
5. Reconhecer as responsabilidades individuais diante dos problemas decorrentes da vida econômica, em vista da própria conversão

Fonte: CNBB

QUEM SALVARÁ O CRATO?

Pedro Esmeraldo

Quem salvará o Crato? Perguntava em uma das praças desta cidade, um rechonchudo dizendo que há mais de vinte anos, foi embora para São Paulo a fim de buscar melhor posição econômica e social e, somente agora, após conseguir sua aposentadoria, voltou à sua terra natal. Dizia que notou pouca diferença no aspecto urbanístico do Crato, pouca coisa melhorou, mas assim mesmo encontrou as praças abandonadas. Assim dizia ele: não posso entender como o Crato permanece num progresso lento e vive numa situação conflitante por que deixam tudo correr frouxo e os políticos ficam dormindo, permanecendo numa frieza que nem é bom a gente comentar as suas fraquezas.

Tentando explicar essa situação, falava em voz baixa, que alguns políticos passados pareciam ser trogloditianos, pois não atentavam para se organizar dignamente com o povo, incentivando-o para que caminhassem em marcha para o futuro e confirmava: os políticos cratenses se melindram com pouca coisa, pois só teem uma idéia de falar mal e desfazer dos seus adversários. Não planejam não se organizam e nem tem controle econômico para empurrar com o trabalho honesto o desenvolvimento dessa cidade.

Aí dizia: - Ah Crato velho sofredor! Por que não se unem? Por que não pensam no Crato de amanhã? Notem bem que o nosso comércio melhorou por que vieram comerciantes de fora e mudaram a mentalidade do povo, mas a agricultura está parada, ou melhor, quase parada, pois não evolui. A indústria está muito evoluída por causa da Grendene e das cerâmicas que avançaram muito nesses últimos anos, mesmo assim, não qualificam o trabalhador.

Os políticos pensam em arranjar tudo com facilidade, isto é difícil de conseguir, pois eles não reagem diante das dificuldades e não tem o mínimo de interesse de apresentar bons desempenhos.

Não realizam suas tarefas com dignidade e quedam-se no menor obstáculo, baixam a cabeça e dizem amém.

Os prefeitos de outrora caíram em resignação e vivem praticando na mesmice, isto é, começa trabalhando com muita garra, mas caem no mesmo erro do prefeito anterior.

Não procuram de jeito nenhum fazer amizades com as autoridades superiores e, quando aparecem, lá no mais alto grau de apresentação política, não levam planejamento e voltam todos de pires na mão.

Ultimamente, falam em melhorar a reapresentação dos serviços, mas isso fica no mesmo ritmo de outrora, tocando uma música desafinada e nada mais.

Os empresários também seguem no mesmo ritmo dos políticos, não fazem planejamento e andam com a escrita desordenada, sem rumo certo.

Olhem que o Crato possui um pé-de-serra favorável, cheio de esplendor e ninguém procura estrutura turística.

Não cuidam em construir bons hotéis e boas pousadas; por isso o Crato vai perdendo divisas. Dizem que no Granjeiro tem chalés, mas são chalés pífios, mal acabados, que fazem vergonha de convidar um cidadão para se hospedar.

É preciso reagir, descruzar os braços e começar a trabalhar com muita dedicação. Também deveria acabar com esse movimento separatista por que seria melhor para todo o Crato também. A união faz a força, e o equilíbrio financeiro à custa do seu trabalho.

Tem deixar de lado as injunções políticas por que a maioria desses políticos é mafiosa, querem se aproveitar da ignorância a fim de conseguir dotes eleitorais e políticos.

Crato, 11/02/2010.

Instrumental & Qual – O Som da Terra estreará hoje


A partir de hoje, todas as quartas-feiras, das 14 às 15 horas, o público ouvinte de rádio, apreciador de música de qualidade, terá mais uma opção. Trata-se do programa Instrumental & Qual – O Som da Terra, veiculado pela Rádio Educadora do Cariri AM 1.020 e pela Internet, através de cratinho.blogspot.com. O programa de hoje apresentará o seguinte roteiro musical:

1. Montreal City (Azimuth)
2. Led Boots (Jeff Beck)
3. Essa é Pro Espedito (Jefferson Gonçalves)
4. Três da Tarde (Spok Frevo Orquestra)
5. Marilyn (Chet Baker)
6. Tea For Two (Thelonius Monk)
7. Forró de Mané Vito (Quinteto Violado)
8. São José (Zabumbeiros Cariris)
9. O Amanhecer (Belle Epoque) (Dihelson Mendonça)
10. Choro da Vila (Márcio Resende)
11. Espinho de Mandacaru (Rivotril)
12. Variações sobre o Juazeiro (Syntagma)

Ficha Técnica
O programa Instrumental & Qual – O Som da Terra é uma produção das Officinas de Cultura e Artes & Produtos Derivados (OCA) e revista virtual Cariricult
Apoio do Centro Cultural Banco do Nordeste em parceria com a Rádio Educadora do Cariri AM 1.020
Redação e programação musical: Luiz Carlos Salatiel, Dihelson Mendonça e Carlos Rafael Dias
Apresentação: Carlos Rafael Dias
Operador de áudio: Iderval Silva
Operador de transmissão: Iran Barreto
Gerente do Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri: Lenin Falcão
Diretor-Gerente da Rádio Educadora do Cariri: Geraldo Correia Braga

Fique ligado!

Pensamento para o Dia 17/02/2010



“Vinte marteladas podem não ter êxito em quebrar uma pedra; a vigésima-primeira pode quebrá-la. Mas, isso significa que os vinte golpes anteriores foram em vão? Não, cada um dos vinte golpes contribuiu com sua parte para o sucesso final. O resultado final foi o efeito cumulativo de todos os vinte e um golpes. Preencha cada momento de sua vida com amor por Deus. Então, as más tendências não prejudicarão seu caminho. O propósito de qualquer prática espiritual é a aniquilação da mente e, no futuro, alguma boa ação terá sucesso em aniquilá-la completamente. Esse triunfo é o resultado de todas as boas ações feitas no passado. Assim, nunca desista e lembre-se que nenhuma boa ação será um desperdício!”
Sathya Sai Baba

---------------------
“Quando alguém de cujo comportamento você não goste chegar perto de você, não há necessidade de procurar falhas. Não há motivo de rir ou mostrar seu desprezo. Basta continuar a fazer seu trabalho, impassível a sua chegada. Que siga seu caminho, deixe-o em paz. Essa é a atitude de “Udaseenabhava”, a atitude da simplicidade. Quando você praticar e atingir esse estado de espírito, você vai ter o amor imutável de Deus. Essa atitude lhe confere paz, autocontrole e pureza da mente duradouros.”
Sathya Sai Baba

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Greenpeace adota Padre Cícero como "O Padroeiro das Florestas" - Postado por Océlio Teixeira

Greenpeace distribui santinhos do sacerdote com 'mandamentos’ em favor do meio ambiente

Para proteger o meio ambiente, o Greenpeace recorreu ao Padre Cícero. A ONG começou a distribuir santinhos do “Padim Ciço” para conscientizar a população sobre a importância de preservar a natureza.“É uma campanha pela preservação das florestas no Brasil”, afirmou Sergio Leitão, que dirige as campanhas da entidade.

A iniciativa começou no mês passado, com a distribuição de 20 mil santinhos em audiências públicas que discutem mudanças no código florestal. “Em vários lugares do mundo, a religião ajuda a criar essa relação com o meio ambiente. A força desses ensinamentos é muito importante”, disse o diretor.

Atrás da imagem estão 11 mandamentos para o agricultor cuidar da natureza como: “Não derrube o mato, nem mesmo um só pé de pau” e “não cace mais e deixe os bichos viverem”. “O mandamento é uma espécie de catecismo ambiental. Todo brasileiro que segui-lo ajuda a preservar o meio ambiente”, ressaltou Sergio. O Greenpeace pretende levar a campanha para outras regiões do país e distribuir o santinho durante a festa do Padre Cícero, que acontece no segundo semestre na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará.

OS ONZE MANDAMENTOS DO PADRE CICERO PARA O AGRICULTOR

1) Não derrube o mato, nem mesmo um só pé de pau
2) Não toque fogo no roçado nem na caatinga
3) Não cace mais e deixe os bichos viverem
4) Não crie o boi nem o bode soltos; faça cercados e deixe o pasto descansar para se refazer;
5) Não plante em serra acima, nem faça roçado em ladeira muito em pé; deixe o mato protegendo a terra para que a água não a arraste e não se perca a sua riqueza;
6) Faça uma cisterna no oitão de sua casa para guardar a água da chuva;
7) represe os riachos de cem em cem metros, ainda que seja com pedra solta;
8) plante cada dia pelo menos um pé de algaroba, de caju, de sabiá ou outra árvore qualquer, até que o sertão todo seja uma mata só;
9) aprenda a tirar proveito das plantas da caatinga, como a maniçoba, a favela e a jurema; elas podem ajudar você a conviver com a serca;
10) Se o sertanejo obedecer a estes preceitos, a seca vai aos poucos se acabando, o gado melhorando e o povo terá sempre o que comer;
11) Mas, se não obedecer, dentro de pouco tempo o sertão todo vai virar um deserto só".

Fonte: Diário de São Paulo
Foto: Greenblog

Pensamento para o Dia 16/02/2010



“Quando as chuvas vertem sobre os picos das montanhas e as águas correm para baixo por todos os lados, nenhum rio surge. No entanto, quando a água flui em uma única direção, primeiro surge um riacho, em seguida um córrego, depois uma torrente e, finalmente, um rio volumoso é formado e o rio se funde ao mar. Do mesmo modo, sua mente e as ações devem fluir plenas e estavelmente ao longo dos campos dos pensamentos sagrados. As mãos devem ser utilizadas para realizar boas ações. Tenha o nome do Senhor dentro de si e realize seus deveres prescritos. Digno, de fato, é aquele que marcha de forma a alcançar o objetivo final!”
Sathya Sai Baba

-------------------------
“Para um homem que se afoga, mesmo um bambu é de algum auxílio. Do mesmo modo, para uma pessoa lutando no mar da existência mundana (Samsara), algumas palavras boas ditas por alguém podem ser de grande ajuda. Nenhuma boa ação se deteriora. Da mesma forma, cada má ação tem sua consequência. Assim, esforce-se para evitar o mais leve vestígio de mal em todas as suas atividades. Mantenha seus olhos puros, preencha seus ouvidos com as palavras de Deus e não lhes permita ouvir calúnia. Use a língua para proferir palavras amáveis, boas e verdadeiras. Lembre-se sempre do Divino. Tal esforço constante certamente lhe concederá a vitória.”
Sathya Sai Baba

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Um rosto na multidão – por Carlos Eduardo Esmeraldo

Alguém me enviou por e-mail essa fotografia de uma grande demonstração de fé do povo cratense. Não acrescentava nenhum esclarecimento sobre o evento, assim como não identificava os rostos de pessoas conhecidas que aparecem participando desse grande encontro. Que festa seria essa? Vou fazer minhas conjecturas Se alguém que nasceu antes da década de 1950 se lembrar dos detalhes, por favor, me corrija. Vou atirar no escuro, pois dos presentes tenho plena certeza do rosto de um homem que me é muito caro.
O local é fácil de identificar: é a Praça da Sé, depois de 1953, pois ela recebeu a configuração que possui hoje após o centenário da cidade. Lembro-me vagamente como a Praça da Sé era antes: apenas um quadro coberto por uma densa camada de capim de burro onde a rapaziada jogava futebol à tardinha e durante as manhãs por lá pastavam ovelhas, cavalos e algumas vacas.
Que evento seria esse? Vou arriscar dando vários chutes. Acredito que o ano deveria ser 1955 ou 1956. Vemos uma procissão do Santíssimo Sacramento, provavelmente em direção ao palanque centro de uma festa celebrativa. Seria o cinqüentenário de ordenação do Bispo Dom Francisco de Assis Pires?
E que pessoas conhecidas que vemos em primeiro plano? Identifiquei apenas o Padre Antonio Feitosa, o famoso Monsenhor Feitosa, uma das maiores culturas do clero cearense. Por trás um seminarista. Não será outro, senão Huberto Cabral? No cantinho da direita, à frente da mocinha de véu, destaca-se a imagem de um senhor austero de paletó e gravata, usando óculos. Foi por causa dele que alguém me enviou essa foto. Este á a pessoa que me é muito cara. Vocês advinham quem é?

Por Carlos Eduardo Esmeraldo

Pensamento para o Dia 14/02/2010



“As pessoas têm educado os olhos, os ouvidos e a língua para o luxo da novidade constante. Agora, você deve ensinar-lhes as tendências opostas. A mente deve estar voltada ao bem e as atividades de cada minuto devem ser examinadas a partir desse ponto de vista. Cada ação é um entalhe pelo qual a rocha da personalidade humana está sendo esculpida. Um golpe errado pode danificar e desfigurar a rocha. Portanto, faça com grande cuidado e devoção mesmo o mais ínfimo dos atos.”
Sathya Sai Baba

--------------------
“Se no momento da morte você anseia por atender à língua, isso é prova de que a língua tem sido a mestre de sua vida. Se no momento da morte, uma mulher se lembra de acariciar seu filho, as tendências e ações (Samskara) do amor filial são predominantes nela. O resultado final da vida é o que vem a sua memória durante os últimos momentos de sua vida. A morte é inevitável para todos. Dirija sua vida para a aquisição das tendências e ações (Samskara) que você sinta que sejam o melhor para o último momento. Fixe sua atenção sobre isso dia e noite. Empenhe-se na jornada da vida com boa vontade para com todos, buscando a companhia dos bons e dos piedosos. Mantenha sua mente sempre fixa no Senhor.”
Sathya Sai Baba

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Pensamento para o Dia 13/02/2010



“Quando você compreender “Eu sou Shiva” (Shivoham), então você terá toda felicidade, toda auspiciosidade que existe. Shiva não deve ser procurado no pico de cordilheira de montanhas distantes ou em algum outro lugar especial. Você deve ter ouvido que pecado e mérito são próprios dos atos que os homens fazem; igualmente, Shiva é inerente a cada pensamento, palavra e ação, pois Ele é a energia, a força, a inteligência que está por trás de cada um deles.”
Sathya Sai Baba

-------------------------
“Toda noite é marcada pela escuridão. Mas esta noite é Shivaraathri (a noite sagrada de Shiva). Qual é a diferença entre noite (Raathri) e Shivaraathri? Para o homem que tenha reconhecido a sua divindade, toda noite é Shivaraathri. Para o homem imerso em preocupações mundanas, todas as noites são as mesmas. Tal noite é marcada pela escuridão. Esta noite (Shivaraathri) é marcada pela luz. A espiritualidade é o farol que propaga a luz para o homem que está cheio de desespero, imerso em desejos insaciáveis. O nome de Deus é o farol. Ao cantar o Nome, o portador do Nome pode ser realizado. Reconhecer a onipresença do Divino é o objetivo de celebrar a Shivaraathri. Esse objetivo não é conseguido pelo jejum e manter-se acordado durante a noite. Esses são meros auxiliares ao que é considerado o objetivo final. Mas, a realização de Deus não deve ser adiada para um futuro distante. Ela deve ser iniciada aqui e agora. Esse é o propósito de Shivaraathri.”
Sathya Sai Baba

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Feira da Troca em Juazeiro



Aconteceu na sede da Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte (SEINE), uma reunião com representantes da Prefeitura e dos comerciantes que atuam na Feira da Troca. A idéia da reunião foi discutir a proposta do prefeito Santana e encontrar um terreno para a nova localização da feira. Entre várias possibilidades de terrenos, foi escolhido um loteamento localizado no Bairro Pirajá, com área de 2.208,80 m², fazendo limite ao norte com a Rua Terezinha de Souza, ao sul com a Rua Antônio Walter Honorato Teles, a leste com a travessa Agricultor José Rufino de Oliveira e a oeste com o terreno onde está localizado o Centro Cultural Marcus Jussier. A escolha do local, apesar de ter agradado os que participaram da reunião, será levada para a aprovação dos demais associados.

Drenagem na Rua Paulo Maia, em Juazeiro do Norte



A Prefeitura de Juazeiro do Norte iniciou esta semana as obras de drenagem da Avenida Paulo Maia, no Bairro Antônio Vieira em Juazeiro do Norte. Trata-se de uma antiga reivindicação dos moradores daquele populoso bairro.

Os serviços com extensão de 800 metros estão orçados em R$ 1,4 milhão e vão resolver em definitivo, os problemas de inundações e desabamento de residências, durante a quadra invernosa.

O trabalho vai facilitar também a locomoção das pessoas e o tráfego de veículos, além de oferecer um novo visual urbanístico àquela área, complementou a titular da Secretaria de Infraestrutura, Fátima Bandeira.